Piza valoriza tradição de XV e Inter, mas manda recado: "Em casa não se perde"

Técnico pede ao Nhô Quim para abrir vantagem na semifinal da Copa Paulista

Por Raphael 03/11/2017 - 15:25 hs
Foto: Luciano Machado / EPTV

As semifinais da Copa Paulista garantem duelos entre camisas tradicionais do futebol de São Paulo. De um lado, Portuguesa e Ferroviária. Do outro, XV de Piracicaba e Inter de Limeira. O confronto dos times do interior é o que mais desperta curiosidade, pelas campanhas nas fases anteriores e a proximidade entre as duas cidades (37 quilômetros).

No XV, todos se preparam para partidas equilibradas, decididas no detalhe. Um desses detalhes foi alertado por Evaristo Piza. O treinador quinzista exaltou a qualidade da equipe adversária, mas não abre mão de iniciar a semifinal com uma vitória. As equipes duelam neste sábado, às 19h, no Barão da Serra Negra, em Piracicaba.

– O mais importante é não perder a possibilidade de ganhar dentro de casa. Em casa não se perde. Tem que iniciar fazendo o dever de casa. Se for um resultado apertado, nos dá a vantagem de jogar por um empate. Se encaixa um jogo melhor, nos dá um conforto maior lá. Mas esse jogo vai ser decidido em 180 minutos. Não vai ter vantagem – disse o treinador.

Piza ainda tem dúvidas na equipe titular. O zagueiro Marcão e os meias Alex Willian e Rafael Rosa estão liberados pelo departamento médico, enquanto o lateral-esquerdo Samuel e o volante Bruno Formigoni retornam à equipe após cumprir suspensão automática. O único desfalque é o zagueiro Gabriel Tonini, expulso, mas reserva.

– Time de tradição, um clássico regional, um grupo que quase foi campeão da A3. Vai ser tão difícil quanto foi o São Caetano. Cidades muito próximas, duas equipes de tradição no estado de São Paulo. Isso dá um aspecto diferente para o jogo. Espero que os atletas estejam bastante inspirados e equilibrados para realizar esse jogo.

Fonte: G1 Piracicaba/Globo.com