Secretaria anuncia o APP do Emprego

Ferramenta tecnológica auxiliará na busca por uma colocação

Por Marília Ariente 05/12/2017 - 11:20 hs
Foto: Google Imagens
Secretaria anuncia o APP do Emprego
O aplicativo vai auxiliar o trabalhador que procura emprego

Um ano novo se aproxima e a esperança de conseguir um emprego cresce. Para ampliar ainda mais essa possibilidade, os paulistas contarão com mais uma ferramenta tecnológica para auxiliar na busca por uma colocação ou até mesmo mudança de trabalho. Um aplicativo (app) coordenado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo (SERT) será lançado no início de 2018.

"Desenvolvemos esse aplicativo para o trabalhador poder buscar o emprego pelo celular. Dessa forma ele economiza no transporte porque evita o uso do ônibus e metrô (no caso da Capital) e pode até mesmo localizar vagas mais próximas de sua residência", afirmou o secretário do Emprego e Relações do Trabalho, José Luiz Ribeiro.

O aplicativo já está na fase final de testes. O objetivo era lançá-lo ainda neste ano, mas ele será disponibilizado gratuitamente a partir do início de 2018 porque estão sendo efetuados os últimos ajustes. "No período após as festas de fim de ano aumenta a procura por emprego e essa tecnologia irá auxiliar muito o trabalhador", afirmou.

Inicialmente, o app funcionará para celulares com DDD 11. "Iniciamos por São Paulo e região 11, que é a maior do Estado. Pelo aplicativo, o trabalhador poderá verificar as vagas de emprego por região da cidade de São Paulo. Elas estarão divididas pelas Zonas Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro", afirmou.

Expansão

Com o início do funcionamento do app na Capital, a segunda região que contará com a divulgação de vagas de empregos por meio dessa ferramenta será a 19, que inclui Piracicaba. "Esse DDD é o segundo maior do Estado. Ainda não há prazo para iniciar, porque dependerá, primeiro, do pleno funcionamento na área 11, mas a proposta é ampliar para todo o Estado", informou o secretário.

Para ele, o aplicativo é mais um produto da SERT para ajudar na retomada do emprego. A ferramenta conta com parceria do Ministério do Trabalho, com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), conforme Zé Luiz.

As vagas abertas pelas empresas serão inseridas no sistema do App do Emprego pelos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs), que formam uma rede de atendimento do Governo do Estado, presente em todas as regiões.

De acordo com informações da secretaria, os PATs têm por objetivo a busca de alternativas para a inserção dos trabalhadores no mercado de trabalho, propiciando informações e orientações ao trabalhador na procura por emprego e, aos empregadores, na busca de recursos humanos, promovendo o encontro de ambos de maneira ágil, minimizando o custo social causado pelo desemprego.

Ainda segundo a pasta, de 1997 a dezembro do ano passado, "os PATs foram responsáveis por quase 22 milhões de inscrições, 8,5 milhões de vagas cadastradas, quase 18 milhões encaminhamentos de trabalhadores para vagas, e mais de dois milhões de trabalhadores (re) colocados no mercado de trabalho".

 

 

Fonte: Gazeta de Piracicaba